top of page
  • Foto do escritorMarcelo Gaudio

Flash



Todos mundo sabe da bagunça que é o universo cinematográfico da DC, e isso invariavelmente resulta em seguidos fracassos de bilheteria, com Flash não foi diferente, mas ele é de todo ruim?

...

No tão esperado filme do velocista da DC vemos um Barry incomodado com a falta de elementos que comprovem que seu pai não foi culpado pela morte da mãe, descobre que pode viajar no tempo e muda um único e supostamente irrelevante fato transformando todo o universo.

...

A regra de criação de tempos alternativos não foi criada por De Volta Para o Futuro, mas se tornou referência para praticamente tudo sobre o tema de viagem no tempo é mais uma vez mencionada (inúmeras vezes mais) para ser remodelada e explicar mudanças de atores.



Abraçando os conceitos científicos fantasiosos temporais, que são suficientemente funcionais para o filme, até conseguem trazer uma rima circular de encerramento que remete ao início de tudo com Homem de Aço.

...

A escolha pela comédia é um tanto incomoda, mas este Flash do Ezra Miller nunca foi diferente, então não está descaracterizado, mas não quer dizer que sempre funciona, pois muitas vezes há escolhas excessivamente bobas e sem graça.

...

Os efeitos especiais são ok, parecem que foram feitos para um Playstation 3 nas batalhas, mas funciona bem na interpretação dupla do Ezra e consegue trazer o equilíbrio entre o drama e a comédia refletida nos efeitos especiais.



Para além disso, várias referências sobre filmes que foram e que não foram feitos, personagens e trilhas sonoras simplesmente tomam conta de tudo. Por muitos momentos esquecemos que é um filme do Flash, se bem que, qualquer pessoa trocaria fácil o Ezra Miller por qualquer outra versão que já tenha sido feita dele.

...

Disponível #hbomax

...

6/10

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page