top of page
  • Foto do escritorCarlos Pedroso

Ram V conseguiu de novo?

Até onde você iria para descobrir a verdade de quem você é? Está disposto a aceitar as consequências?



Ram V vem se destacando nos quadrinhos como um escritor talentoso que sabe explorar narrativas familiares e mais misteriosas e em Blue in Green não é diferente. Aqui ele expõe todo seu lado misterioso para nos contar uma história de posso chamar “Terror psicológico” que nos faz embarcar na jornada do músico Erik Dieter para saber quem era o misterioso homem na foto com sua falecida mãe.


A partir dessa premissa bem interessante, acompanhamos Erik, um músico cujo talento foi suprimido na profissão de professor de música e não chegou a explorar todo seu potencial. Ele sai em busca de encontrar o homem da foto e acaba descobrindo um mistério ainda mais complexo sobre a vida de sua mãe e a sua própria e acaba tragado para uma trama de música, terror e sucesso, criando uma combinação perfeita. Gosto de destacar que além de ser algo que me chama muito a atenção, histórias místicas como essa trazem reflexões importantes como conhecemos realmente nossa família? Quais segredos não deveriam ser descoberto e principalmente em quem confiar em situações como essa.




Como mencionei, Ram V tem um dom para escrever histórias sobre relações familiares e em Blue in Green isso fica escancarado quando a relação de Erik e sua mãe é explicada e como essa relação afeta Erik e diminuiu seu potencial como músico. Interessante acompanhar o porquê de tudo isso e como o homem misterioso tem papel fundamental na história, mesmo não sendo. Nesse ponto, Ram V tirou com maestria, a forma como ele aborda o sucesso na música, muitas vezes atrelado a venda da alma como Robert Johnson entre outros. Não à toa esse quadrinho foi premiado com Eisner, pois aqui tem tudo que uma história de horror deve apresentar. Ao final do quadrinho todas as amarras são expostas, mas isso não significa que o autor te entrega tudo mastigado, ele o faz, mas nos faz refletir e tirarmos nossa própria conclusão da história. Será que os ciclos são fechados realmente?



Blue in Green é um quadrinho que pode não agradar a todos pelo seu texto mais verborrágico e detalhista, mas com certeza vai agradar quem gosta de um bom mistério de horror. Cabe um destaque a arte do quadrinho que foi feita com maestria por Anand Rk e casa muito bem com o roteiro, complementando e enriquecendo a narrativa.


Então posso dizer, igual a Monstro do Pantano, Ram V conseguiu mais uma vez ser certeiro em uma história que transpira emoção.

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page