top of page
  • Foto do escritorMonique Mazzoli

Revista Mina de HQ Nº 4 em campanha no Catarse

O PROJETO


A revista Mina de HQ está com um novo volume em campanha no Catarse, essa é a 4ª edição da revista que conta com quadrinhos exclusivos de diversas quadrinistas.



O QUE É O MINA DE HQ?


Se você ainda não conhece o trabalho realizado pelo Mina de HQ, elas são uma multiplataforma que existe desde 2015, idealizado pela jornalista Gabriela Borges, que é editora-chefe da revista. Em seu site encontramos resenhas, notícias, entrevistas, e todo tipo de produção que seja feita por mulheres cis e pessoas trans.


Não precisamos de muito esforço para perceber que maioria das produções de quadrinhos que são reverenciadas, ganham prêmios e notoriedade, são de produções feitas por artistas homens, logo o trabalho feito pelo Mina e por todas que participam desse projeto é de suma importância para abrir espaço para as produções de mulheres cis e pessoas trans.



AS MINAS ENVOLVIDAS


Fundadora da Mina de HQ, Gabriela Borges é diretora de redação e editora-chefe da revista. Gabi é jornalista, curadora e mestra em antropologia - sua pesquisa acadêmica, inclusive, foi sobre a representação da mulher e os discursos de gênero nas historietas argentinas. Ela é também autora do e-book Encuentre su clítoris, e co-organizadora e editora de Quadrinhos Queer, antologia sobre a produção de quadrinhos LGBTQIA+ no Brasil.


Mas Gabi não é a única responsável pela produção da revista! A cada edição convidamos colaboradoras especiais, que fazem quadrinhos, escrevem e ilustram. O objetivo é trazer diferentes perspectivas.


• Andreza Delgado, diretora criativa, curadora, especialista em Cultura Nerd&Gamer, escreveu sobre a PerifaCon, evento o qual é co-criadora da PerifaCon


• A jornalista e quadrinista - e nossa colunista - Gabriela Güllich assina uma entrevista ilustrada com a letrista Lilian Matsunaga, um dos maiores nomes dos quadrinhos brasileiros


• A pesquisadora e coordenadora editorial da MHQ Daniela Marino fala sobre a importância da curadoria pautada pela diversidade para eventos, premiações e toda a cadeia de produção de histórias em quadrinhos


• A jornalista e quadrinista Carol Ito, de São Paulo, escreve sobre Anita Costa Prado, ícone das HQs lésbicas no Brasil

• A pesquisadora Nara Bretas, de Belo Horizonte (MG), escreveu sobre a versatilidade da quadrinista Ing Lee


• Convidamos a jornalista Isabel Molina para escrever sobre a Revista Brígida, publicação chilena que tem como foto a produção de mulheres que fazem histórias em quadrinhos


• Marina Duarte, ilustradora, escritora, quadrinista de Campo Grande (MS), da Revista Badaró, fez uma reportagem em quadrinhos sobre um dos maiores ícones da música sertaneja, a violeira Helena Meirelles


• Anne Ribeiro, jornalista criadora da página @pralerhq, conversou com coloristas brasileiras que estão despontando no mercado nacional e internacional de histórias em quadrinhos


"Texto retirado do site da campanha"


CAMPANHA


A campanha é flexível e já está em 46%, restam 8 dias para o fim da campanha, então seu apoio é fundamental para que esse projeto saia do papel!


A Revista Mina de HQ Nº4 será toda colorida, capa e miolo. Serão mais de 70 páginas de quadrinhos, entrevistas, artigos e reportagens feitos exclusivamente para a Mina de HQ. Para apoiar essa campanha, clique AQUI.



Curtiu? Então, não deixe de conferir essa campanha. Para apoiar esse projeto clique AQUI.



 

Gostou do nosso conteúdo? Que tal apoiar o Yellow Talk? O Yellow também é podcast, e seu apoio pode ajudar o nosso trabalho a crescer cada vez mais. A partir de R$2,00 você já vai estar contribuindo para manutenção do nosso programa. Para dar o seu apoio, basta clicar AQUI.


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page