top of page
  • Foto do escritorEverton Vasconcelos

O que você faria se pudesse voltar no tempo? Essa é a história de Erased.




Erased ou no original Boku Dake ga Inai Machi.


Publicado originalmente na editora Kadokawa Shoten em 9 volumes e publicado aqui no Brasil pela editora JBC, também em 9 volumes.


Escrita e desenhada pelo Mangaká Kei Sanbe em 2012 e finalizado em 2016.


Em 2016 o mangá ganhou uma adaptação em anime do mesmo nome, e foi dividido em 12 episódio.


Na história vamos conhecer Satoru Fujinuma, um jovem adulto independente, que tem dificuldade de ter interações sociais e pra ele pouco importa isso. Mas Satoru tem uma habilidade especial chamada Revival, que concede a ele que possa reviver momentos onde algum ocorrido muito drástico aconteceu, até que ele possa resolver esse problema.


Depois que sua mãe é assassinada por um serial killer desconhecido e seu filho é deixado como culpado do caso, Satoru acaba voltando anos no passado onde ele ainda estava no ensino fundamental.


Neste tempo Satoru tera que resolver o caso de três crianças que foram mortas e descobre que esses casos tem ligação com a morte de sua mãe e precisa resolver isso para salvar sua mãe no presente. (Isso não é considerado spoiler pois é logo no início do mangá)

A história em relação ao mistério de quem é o assassino ao meu ver é mal trabalhada, mas o mangá te ganha nos personagens que são muito carismáticos e a relação de amizade que é criada durante a trama. Com isso você acaba se apegando a esses personagens. Satoru é um personagem que amadurece muito até o final da história e uma das coisas que mais gosto em uma leitura é o amadurecimento de personagem.


Na metade da leitura a trama fica um pouco arrastada mas nada que te desanime de continuar lendo, pois ainda terá acontecimentos importantes para a história.

A obra se conclui no volume 8 e no volume 9 temos um spin off abordando os personagens secundários. Que ao meu ver foi uma das melhores edições e que te faz gostar ainda mais da obra.


A arte ao meu ver é simples mas competente em querer transmitir o acontecimento de cada quadro.

No geral foi uma leitura bem agradável, mesmo com algumas incoerências na trama os personagens fazem valer a pena a experiência.

21 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page