top of page
  • Foto do escritorRonaldo Gillet

Herói LGBTQIA+ enfrenta fundamentalismo religioso em nova hq


No universo dos quadrinhos, a representatividade e a diversidade têm sido cada vez mais exploradas, e uma das obras que tem se destacado nesse sentido é "Boy Magya". O super-herói LGBTQIA+, criado por Christian Gonzatti, Guilherme Smee e DanVerdura, está de volta em sua segunda edição, prontamente enfrentando uma nova batalha: o combate ao fundamentalismo religioso no Brasil.

Desde seu lançamento em 2023, Boy Magya tem sido alvo de polêmicas e ataques de grupos extremistas, que buscam propagar ódio contra a comunidade LGBTQIA+. No entanto, nada deteria o sucesso da obra. A primeira edição esgotou rapidamente e superou a meta de financiamento coletivo em mais de 150%. Agora, para alegria dos entusiastas da obra e de seus criadores, foi divulgado que o financiamento da segunda edição, por meio do Catarse, alcançou um sucesso ainda maior do que o da primeira, atingindo incríveis 249% da meta. Foram nada menos que 380 apoios alcançados.

O enredo da parte dois da obra gira em torno da luta do herói e seus aliados contra o teleevangelista Edi Macêto, que busca impor um plano de conversão forçada em pessoas queer. Com a ajuda do General Ostra e de grupos fundamentalistas, Macêto tenta capturar Boy Magya e submetê-lo ao mesmo destino.


"Boy Magya" não é apenas uma história em quadrinhos, mas sim uma representação poderosa da diversidade e da luta contra o preconceito. De acordo com Christian Gonzatti, um dos criadores do personagem, a história busca dar voz àqueles que foram afetados pelo ódio religioso, além de continuar a saga de um super-herói comprometido com a luta contra as desigualdades.



A obra é publicada em parceria com a IndieVisivel Press, editora brasileira que valoriza a diversidade em suas produções e também publica quadrinhos estrangeiros como: 'Power Rangers' (BOOM! Studios/Hasbro); Sunstone (Stjepan

Sejic) e The Darkness (Image Comics).

Boy Magya: Eva Angélico, de Christian Gonzatti, Guilherme Smee e DanVerdura

Editora Indivisível Press, 80 páginas. Quem apoiou o projeto vai receber diversas recompensas dos apoiadores do projeto, como pôsteres, adesivos e outras publicações do trio.


Gostou do nosso conteúdo? Que tal apoiar o Yellow Talk? O Yellow também é podcast, e canal no Youtube, e seu apoio pode ajudar o nosso trabalho a crescer cada vez mais. A partir de R$2,00 você já vai estar contribuindo para manter nosso site no ar. Para dar o seu apoio, basta clicar AQUI.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page