top of page
  • Foto do escritorRonaldo Gillet

Attrachtha - Lexis Tailonis: Uma fusão ousada entre quadrinho e rock nacional


Attrachtha - Lexis Tailonis é um daqueles projetos que desafiam categorizações tradicionais. É um quadrinho? Um LP? É, na verdade, a mistura de ambos.

A obra sinestésica da editora Universo Fantástico não é apenas para ser lida, mas também ouvida. Recomendo, inclusive, que você realize a leitura, de preferência, escutando o disco homônimo (disponível em diversas plataformas digitais e no Youtube) da banda paulista formada por Cleber Krichinak, vocais; Ricardo Oliveira, guitarras; Guilherme Momesso, baixo; e Humberto Zambrin, bateria.

O imersivo roteiro de DeCastro é costurado a partir das ideias e criação de personagens pelo baterista Humberto Zambrim. As 10 faixas do disco (todas em inglês) guiam os 10 capítulos (em português) do quadrinho distribuídos em cerca de 60 páginas. E para que tudo flua como um solo de guitarra de Jimmy Page, é preciso exaltar as cores de Gui Martino e a arte vibrante do mineiro Mozart Couto (que já desenhou Mulher Maravilha e X-Men), que usa elementos de horror e realismo, transportando leitores e ouvintes ao caos de um micro-universo recheado de brasilidades.


Formação atual da banda Attrachtha

Uma nada mole vida (e morte)

Já nas primeiras páginas, a A hq leva os leitores em uma viagem insólita pela jornada de Carlos, protagonista cercado por tudo o que poderia fazer dele (em vida) um ser humano passível das piores escolhas e atitudes ante àqueles que o cercam.

Desde uma infância conturbada - singrando os mares de um lar marcado pelo alcoolismo do pai e o desaparecimento da mãe e de um irmão -, até o crescimento em um mundo onde a vida se assemelha a um filme de terror, a trajetória de Carlos muitas vezes lembra a de Rocky, interpretado por Sylvester Stallone. Porém, na catártica hq, veremos alguém que não soube lidar muito bem com os sopapos da vida.

Um evento inesperado lança o protagonista sobre uma corda bamba do bem e do mal, tornando-o um verdadeiro Ghost Rider com uma couraça tecida por amargura e sede de vingança.

Attrachtha - Lexis Tailonis não é apenas uma obra de arte visual, mas uma experiência sensorial completa. A combinação de arte, roteiro, música e até mesmo o aroma de enxofre (se você respirar fundo, também irá sentir) da tinta usada pra dar vida aos personagens desse quadrinho, o tornam uma escolha imperdível para os entusiastas da nona arte e do rock nacional.

Gostou do nosso conteúdo? Que tal apoiar o Yellow Talk? O Yellow também é podcast, e seu apoio pode ajudar o nosso trabalho a crescer cada vez mais. A partir de R$2,00 você já vai estar contribuindo para manutenção do nosso programa. Para dar o seu apoio, basta clicar AQUI.


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

OBLIVION

bottom of page