top of page
  • Foto do escritorRonaldo Gillet

Akira Toriyama: o adeus ao líder de uma revolução na cultura pop


A cultura pop está de luto com a triste notícia do falecimento de Akira Toriyama, aos 68 anos de idade, em decorrência de um hematoma subdural - quando ocorre um acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio. Ele faleceu no dia 1º de março de 2024, mas a família só autorizou a divulgação da morte nesta sexta-feira, 08. O criador da amada franquia "Dragon Ball" deixou um vazio no coração de fãs espalhados por todo o mundo.

Nascido em 5 de abril de 1955, na cidade de Nagoya, Japão, Toriyama começou sua carreira como assistente de mangaká antes de fazer sua estreia como autor em 1978, com a série "Wonder Island". No entanto, foi com "Dr. Slump", lançado em 1980, que ganhou destaque no cenário do mangá. A série - que mistura comédia e ficção científica - tornou-se extremamente popular no Japão e o estabeleceu como um artista de talento único e inovador.


Todos esses esforços culminaram na criação de sua obra-prima. "Dragon Ball" fez sua estreia nas páginas da revista Weekly Shonen Jump em 3 de novembro de 1984 e desde então conquistou o coração de milhões ao redor do globo. No mundo do anime, "Dragon Ball" foi verdadeiramente sem precedentes. Os 153 episódios que foram ao ar entre 1986 e 1989 cativaram uma geração inteira de fãs ocidentais, que até então estavam mais acostumados com franquias norte-americanas e europeias.


"Dragon Ball Z", a continuação direta da série original "Dragon Ball", segue até os dias de hoje como uma das obras mais emblemáticas de Akira Toriyama. Adaptado do mangá, o anime foi transmitido entre 1989 e 1996, com um total de impressionantes 291 episódios, marcando não apenas uma expansão da narrativa, mas também uma evolução na escala e no tom das aventuras de Goku e seus companheiros. Com um foco mais intenso em batalhas épicas, superações pessoais e conflitos intergalácticos, essa fase da franquia capturou a imaginação de uma geração inteira de fãs e solidificou seu lugar como um dos pilares do anime moderno.


Nos anos 1990, os brasileiros já estavam sintonizados na TV aberta para acompanhar as aventuras de Goku e seus amigos. As batalhas épicas entre Goku e vilões como Freeza, Cell e Majin Buu se tornaram conversa comum nas escolas e entre amigos, enquanto os fãs aguardavam ansiosamente cada novo episódio para ver o que o próximo desafio reservava para os heróis Z. A influência de "Dragon Ball Z" não se limitou apenas à televisão, mas também se estendeu para uma ampla gama de produtos, desde brinquedos e jogos até roupas e acessórios, consolidando-se como uma das franquias mais populares e duradouras do Brasil.


Ao longo do século 21, "Dragon Ball" continuou a se reinventar. Algumas adaptações, como "Dragon Ball GT" e o futuro "Dragon Ball Daima", foram concebidas sem o envolvimento direto de Toriyama, indicando claramente que seu legado já estava firmemente enraizado nas mãos de outros artistas, mas ainda assim resplandecendo com o brilho original de sua criação.


A triste notícia da partida de Akira Toriyama foi recebida com um profundo pesar não apenas entre os fãs, mas também entre seus colegas mangakás. Eiichiro Oda, o gênio por trás de "One Piece", expressou suas condolências em um comovente tributo, compartilhando lembranças e expressando sua admiração pelo amigo. "Admiro muito você desde criança, e até me lembro do dia em que você me chamou pelo nome pela primeira vez", declarou em um comunicado.

Além de sua capacidade única em criar personagens cativantes e narrativas emocionantes, Toriyama também foi pioneiro na introdução de elementos de humor em mangás de ação, o que contribuiu para o apelo universal de suas obras.

O estilo de arte único de Toriyama, caracterizado por personagens expressivos e designs distintos, também deixou uma marca indelével entre os entusiastas dos mangás e da animação japonesa.

Ao longo de sua carreira, Toriyama influenciou uma geração inteira de mangakás e animadores, e sua obra continua a ser uma fonte de inspiração para artistas e fãs de todo o mundo. Seu legado como um dos maiores criadores de mangá de todos os tempos certamente perdurará por muitas gerações futuras.

Outras obras


Akira Toriyama também deixou sua marca no mundo do mangá com obras como "Sandland" (2000), uma aventura distópica em um mundo desértico que demonstra sua versatilidade como autor.

Além disso, seu talento transcende as páginas dos quadrinhos e se estendeu para o mundo dos videogames, com contribuições notáveis como o design de personagens para "Chrono Trigger" (1995), um dos RPGs mais aclamados de todos os tempos.

Ele também foi responsável pelo design de personagens em várias entradas da icônica série de RPG "Dragon Quest". Sua arte também foi destaque em "Tobal No. 1", um game de luta para o PlayStation, onde ele projetou os personagens e contribuiu com seu estilo único para dar vida ao universo do jogo.

Descanse em paz, mestre Akira Toriyama.

Gostou do nosso conteúdo? Que tal apoiar o Yellow Talk? O Yellow também é podcast, e canal no Youtube, e seu apoio pode ajudar o nosso trabalho a crescer cada vez mais. A partir de R$2,00 você já vai estar contribuindo para manter nosso site no ar. Para dar o seu apoio, basta clicar AQUI.

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page